AUTORIDADE E UNÇÃO

“A unção que você respeita você atrai.” – Quando respeitamos a unção (capacidade dada por Deus para fazer algo) de alguém, podemos atrair essa unção sobre as nossas vidas. O contrário também e verdade: se desprezamos a unção que alguém possui, nunca seremos capazes de fazer aquilo que essa pessoa faz.

Autoridade espiritual é uma pessoa revestida por Deus para cumprir uma determinada missão. Portanto, podemos dizer que a autoridade espiritual é uma delegação de Deus, ou seja, ninguém é autoridade espiritual por si mesmo, mas é Deus quem levanta a autoridade espiritual. (Efésios 4.11; I Coríntios 12.18). Ninguém pode se tornar autoridade espiritual se não reconhecer a Autoridade maior, que é Deus.

Josué, o sucessor de Moisés, é um dos grandes exemplos bíblicos sobre autoridade espiritual. Por favor, leia o texto de Êxodo 17.9-10.

Vejamos 4 atitudes práticas de Josué que fizeram com que ele recebesse a unção de liderar que estava sobre Moisés:

1. OBEDIÊNCIA – A bíblia diz: “E fez Josué conforme o que Moisés lhe dissera.” (Êxodo 17.10)

2. SERVIR A AUTORIDADE – Josué é chamado em duas ocasiões de “servo de Moisés” (Josué 1.1; Êxodo 24.13). Alguém que deseja ser servido, precisa em primeiro lugar aprender a servir.

3. QUER ESTAR SEMPRE JUNTO – Josué estava sempre junto de Moisés. Quem almeja ser uma autoridade espiritual deve estar sempre junto da autoridade constituída.

4. NÃO PARTICIPA DE REBELIÃO – Josué nunca se rebelou contra Moisés. Ele nunca falou contra Moisés.“Rebelião é a manifestação do caráter de Satanás.” – Satanás foi rebelde desde o princípio. No céu, antes de o mundo existir, ele se rebelou contra Deus e roubou 1/3 (um terço) do que Deus tinha. (Apocalipse 12.4-9) Ele é considerado o inimigo de Deus. (estrelas nesse texto são os anjos que o Diabo arrastou em sua rebelião).


Pastor Leonardo Alcântara