A GRAÇA DE SOFRER POR CRISTO - Filipenses 1:29

Neste versículo encontramos algo inusitado: O sofrer por causa de Cristo é uma graça, um favor! A palavra “concedido” neste versículo é “carizomai”, verbo derivado de “caris” que significa “graça ou favor”. Ou seja, foi nos dado o favor de sofre por Ele.

Precisamos entender que o sofrimento não é vontade de Deus, mas sim permissão. O próprio versículo que lemos diz que é uma concessão. Todas as vezes que Deus permitir um sofrimento em nossa vida é para cumprir um propósito de Sua vontade (Romanos 8:28). A vontade de Deus é expressa no início e fim da Bíblia onde Ele nos mostra que não havia sofrimento e não o haverá por toda eternidade. Mas aí surge a pergunta: O sofrimento é um favor de Deus então? Sim! E nós veremos o porquê?

1. Sofrimento é uma graça que nos ensina.
A peregrinação no deserto é um excelente exemplo disso (Deuteronômio 8:2-3). Nem sempre o sofrimento é a ferramenta de ensino de Deus, porém, em muitos casos ele é necessário. Deus permite o sofrimento para que possamos entender àquilo que não estamos valorizando ou estamos rejeitando.



2. O sofrimento é uma graça que antecede a glória.
O sofrimento na vida do crente é algo que vem, mas não fica. O sofrimento é um instante comparado à eternidade. A dor do sofrimento presente é pouca perto do alívio da glória eterna. Apesar de passarmos por sofrimentos, este não é o propósito de Deus para nós. Deus nos chamou para a Glória (Romanos 8:18, I Pedro 5:10). Quando Deus permite o sofrimento é porque virá uma recompensa (Mateus 5:10-12).

3. O sofrimento é uma graça que firma e fortalece o cristão.
Depois de enfrentarmos sofrimentos nos tornamos mais firmes e sólidos (Jó 42:1-6), pois o sofrimento confirma promessas (Gênesis 22:15-18).


Medite e compartilhe esta palavra.

No Amor de Jesus Cristo,
Pr. Leonardo Alcântara

Clique e visite nossa loja.