3 MANEIRAS DE DEUS DEMONSTRAR SEU AMOR - Marcos 10:17-31

Aquele jovem chamou a atenção de Jesus por reconhecer a Sua Divindade atribuindo-lhe algo que só a Deus pertence: Verdadeira bondade! A pergunta de Jesus foi de admiração e não de repreensão (v. 18). Jesus orientou que Ele obedecesse as Escrituras e aquele jovem deu uma declaração um pouco prepotente dizendo que já fazia tudo o que a Lei mandava.

Mesmo diante de sua autossuficiência, Jesus amou aquele jovem (v. 21) e lhe mostrou que ninguém é perfeito. Quem tropeça em um ponto da Lei tropeça em todos (Tiago 2:10). E Ele age assim conosco hoje. Ele nos ama porque sabe que somos imperfeitos e pecadores. Mas algo acontece quando temos um encontro com Jesus: Seu amor será demonstrado.


Infelizmente muitos não percebem isso porque a maneira como Jesus demonstrou esse amor incomodou ele (v. 22) e ainda incomoda a muitos. Se deixarmos o amor de Deus fluir em nós seremos extremamente tratados e abençoados e viveremos felizes. Quero ministrar sobre as Três maneiras de Deus demonstrar o Seu Amor.



SALVANDO
Toda atitude de salvação procede de Deus. Ele é o mais interessado em te salvar (João 3:16) e isso é impossível para os homens (v. 27); Essa resposta veio porque os discípulos perguntaram sobre quem poderia se salvar. Se ele errou em um ponto, quem consegue ser perfeito para ser salvo?

O que Jesus quis dizer é que existem pessoas que terão extrema dificuldade de confiar sua vida à Ele, mas que Deus tem poder para salvar e transformar qualquer um, desde que queiram e se abram para Ele, pois Ele respeita nossas decisões. Não semelhantes a Ele e não robôs.

Mas porque então ele pede ao jovem para vender tudo se as obras não salvam? Jesus queria que aquele jovem abandonasse o seu deus (v. 24). As riquezas não são problema para Deus e Ele mesmo fez questão de mostrar isso chamando a atenção dos discípulos e repetindo duas vezes o mesmo fato de maneira bem explicada (v. 23-24). O problema do jovem era seu coração depositado nas coisas passageiras. Pode ser o dinheiro ou qualquer outra coisa!

Tiago nos diz que nossas obras demonstram em que ou em quem está a nossa fé.

TRATANDO E ENSINANDO
Tomar a sua cruz (v. 21) significa não se envergonhar de ser discípulo Dele (Marcos 8:34-38). Significa ser ensinado por Ele. Os princípios e os ensinos de Deus são contrários aos do mundo e é necessário coragem para vivê-los, porque, em muitos casos, viver os ensinos de Jesus causará perseguições e perdas (v. 30; Mateus 10:32-39) porque nem todos querem aprender e ouvir o que Ele tem para dizer.

Nem todos querem saber de perdão; nem todos acreditam no sobrenatural de Deus; nem todos querem ouvir sobre dízimos e ofertas, etc. As coisas de Deus são loucura para quem não acredita mas poder de Deus para quem as pratica.

Em resumo, o que Jesus queria é que ele tivesse a mesma atitude de confiar em Deus por completo Nele assim como os outros discípulos. Jesus queria tratá-lo e ensiná-lo. Cada dia mais e mais, Jesus quer nos tratar para sermos iguais a Ele.

ABENÇOANDO.
Quem segue os ensinos de Jesus obterá recompensa (v. 28-30). Deus nos ensina a esperar isso Dele (Mateus 6:1-6; Hebreus 11:6). As recompensas são nesta terra e no céu, onde se manifestará a maior recompensa: a vida eterna (v. 30).

Algumas coisas importantes aprendemos sobre a bênção de Deus:

  • Ele é o maior interessado em te abençoar. Jesus não queria tirar as riquezas mas sim aumentar (v. 30) e concedê-las de maneira correta. Aquilo que você deixa por Cristo voltará a você.
  • Todas as bênçãos procedem Dele (v. 29-30). Quem confia Nele será sustentado por Ele.
  • Deus pode tudo! (v. 27). Não há bênção que Deus não possa te conceder.
  • As bênçãos são abundantes sobre a vida dos discípulos de Jesus (v. 30). 

CONCLUSÃO
Jesus quer a cada dia nos salvar, não apenas da morte eterna mas também das circunstâncias de perigo que enfrentamos em nosso dia a dia. Jesus quer nos ensinar e vivermos de maneira saudável e feliz e quer nos abençoar em tudo, basta permitirmos Sua ação em nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário