CÉU NA TERRA. Cidadãos do Reino de Deus.

A palavra de Deus nos garante que, quem reconhece Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas, torna-se cidadão do Reino de Deus (Colossenses 1:13). Mesmo sendo cidadãos do Reino de Deus, vivemos na terra e temos por obrigação, sermos representantes deste Reino (II Coríntios 5:20), e como representantes, temos que expressar as características deste Reino. Vamos conhecer as características do Reino para que assim possamos demonstrá-las em nossas vidas. Dentre tantas, vamos destacar 3 e uma gera a outra. Leiamos Romanos 14:17.



  1. O REINO DE DEUS É JUSTIÇA
    Segundo a concordância Strong, a palavra justiça aqui vem do grego dikaiosýnē e refere-se ao que é considerado correto pelo Senhor, isto é, o que é aprovado e agradável aos Seus olhos. Logo, justiça é tudo aquilo que é correto e o Reino é composto disso. Quero falar algo sobre justiça: Muitos acham que não são justos. Humanamente falando isto é uma verdade (Romanos 3:10). Mas Cristo mudou isso. Nele somos justificados, ou seja, nos tornamos justos e corretos diante de Deus (Romanos 3:24, Romanos 5:1, Gálatas 2:16). Então, é correto dizer que o crente é um justo. Quando Deus olha pra mim e para você, Ele vê Jesus, por isso não somo s consumidos.
    O cidadão do Reino produz coisas boas e corretas onde ele estiver. O que nos leva ao segundo ponto.

  1. O REINO DE DEUS É PAZ
    O justo produz paz!
    Paz, segundo o dicionário é calma, harmonia e tranquilidade. É possível estar em paz mesmo diante dos problemas (Filipenses 4:6-7). A paz de Deus nos dá confiança e condições emocionais para suportarmos os problemas que se apresentam diante de nós. 
    É dever dos justos ser um instrumento de paz (Romanos 12:18; Hebreus 12:14). Se quiser Paz em sua vida, semeie Paz! Quando semeamos a paz, a paz virá até nós da parte de Deus (Mateus 7:7-12). O cidadão do Reino de Deus é um referencial de paz. Uma vida de paz manifesta a terceira característica do Reino.

  1. O REINO DE DEUS É ALEGRIA
    A alegria é o fruto da justiça e da paz. Alegria é satisfação e contentamento. Uma pessoa que não sabe ser agradecida pelas coisas que Deus dá, não tem condições de ser uma pessoa alegre. A Palavra nos orienta a sermos agradecidos para sermos alegres (Salmos 100:4, I Tessalonicenses 5:18)
    Se obedecermos aos princípios da Palavra de Deus (Dever que quem é Justo) e semearmos Paz, a alegria será uma realidade em nós. O cidadão do Reino é uma pessoa alegre!
    A alegria é um princípio (Mateus 6:16). Mesmo em situações em que estamos tristes, devemos buscar nos mostrar alegres como nos mostra o exemplo do apóstolo Paulo (II Coríntios 6:1-10).

Conclusão
Como cidadãos do Reino de Deus, devemos ser Justos, pessoas de Paz e vivermos alegres.

Em Cristo, Rei dos reis,
Pr. Leonardo Alcântara