O SEGREDO DA FELICIDADE

Provérbios 4:20-27. A Palavra nos orienta que uma das atitudes mais sábias que podemos tomar é guardar o nosso coração. O nosso coração gera vida para o nosso corpo através do sangue, mas também para a alma através das emoções.

O que seria então guardar o coração? É tomar atitudes para que possamos proteger e filtrar tudo o que irá ocupar lugar em nosso pensamento. Por isso, Paulo em Filipenses 4:8 nos diz que devemos preencher nossas mentes de coisas boas, virtuosas e glorificam a Deus. Note: É uma atitude nossa!

O que a mente tem a ver com o coração? Os nossos pensamentos geram emoções, e as emoções determinam nossa postura diante das coisas e nossas atitudes na vida. Quando a Bíblia diz que a boca fala o que está cheio o coração (Mateus 12:43), está nos mostrando que nossas atitudes são determinadas por nossas emoções e as mesmas, conduzidas pelo tipo de coisa que ocupa nossas mentes.

Então, como guardar o coração?

Escolhendo com sabedoria nossas palavras (v. 24)Note que o maior mal que pode nos afetar vem de dentro de nós mesmos. Jesus diz que o que contamina o homem é o que sai de dentro dele e não o que entra (Mateus 15:11). Então cuidado com a mentira e a raiva. As palavras que pronunciamos nós colheremos. A energia que damos, volta para nós (Gálatas 6:7).

Focando no hoje (v. 25)Esse versículo é bem explicado em Mateus 6:34. Gastamos muito tempo pensando em coisas que ainda não aconteceram. Se for pra ser assim é melhor preencher a mente com as promessas pois estas trazem esperança ao coração (Lamentações 3:21). Imaginar o que ainda não aconteceu nos adoece. É difícil vencer isso, mas é totalmente possível. Como? Decidindo!

Escolhendo bem onde e com quem estar (v. 26)
Salmos 84:10 nos mostra que a presença de Deus é o melhor lugar para estarmos. Mas como estamos ainda neste mundo, os locais e as pessoas com quem andamos nos influenciam bastante. Não estou dizendo que devemos nos isolar do mundo, mas discernir com sabedoria os ambientes para estarmos. Existem lugares e pessoas que não nos convém andar.

Não abrindo mão dos princípios (v. 27)Os princípios da Palavra são a base da nossa vida. Por isso declaramos a Bíblia como nossa regra de fé e prática. Quando somos guiados pela Palavra a paz, a alegria e a justiça se estabelece em nós (v. 20-22). Aplique os ensinos bíblicos na família, nos negócios, nos relacionamentos, nas amizades, etc., e verás o agir de Deus.

ConclusãoÉ nossa atitude de guardar o coração e só assim viveremos uma vida de paz, saúde e tranquilidade,
Pr. Leonardo Alcântara




Nenhum comentário:

Postar um comentário