UM PRESENTE PARA VOCÊ

Este e-book é uma seleção de princípios de Crescimento Pessoal e Financeiro ensinados para milhões de pessoas em nossas Conferências, Palestras e Treinamentos Online desde 2009. Ele é uma Mentoria Express, para você que não pode perder tempo! Contém exercícios para que você coloque em prática os princípios ensinados e alcance seus sonhos e objetivos de maneira eficaz. Comece já sua jornada! Este material vai ajudar você a chegar no seu destino! 


LOGO ABAIXO, VOCÊ PODERÁ LER GRÁTIS UM CAPÍTULO DO E-BOOK
A JORNADA DOS VENCEDORES

Caso queira comprar o e-book completo
Clique Aqui


ENTENDA QUE OS RECURSOS FINANCEIROS SÓ SERÃO LIBERADOS PARA VIDA DAQUELES QUE POSSUEM PROPÓSITOS DE VIDA BEM DEFINIDOS

     Primeiro você precisa entender o propósito do dinheiro. O dinheiro só vem na vida daqueles que entendem que ele não é ruim. Dinheiro não é problema e também não é solução. Em muitos casos, a interpretação errônea dos ensinos bíblicos sobre o dinheiro é que faz as pessoas desistirem de querer ter uma vida próspera e abastada financeiramente. Muitas pessoas põem a frase “o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males” como um escudo contra as riquezas financeiras. Pense e entenda bem esta frase. Ela diz que o amor ao dinheiro é ruim, não o dinheiro propriamente dito! Todo problema que envolve dinheiro é problema do coração humano. Pessoas mesquinhas é que adoram ao dinheiro, amam dinheiro e fazem tudo por dinheiro. Existem pessoas que dizem que dinheiro não é importante, porque o importante é o amor que temos no coração. Será? Vejamos. Amor é algo muito importante, mas quem disse que temos que ser pobres para amar alguém? Amar é bom, mas dinheiro paga as contas desse amor. Se não tiver dinheiro para pagar as contas, para comer, morar, vestir-se, locomover-se, saciar as necessidades humanas, o amor estará em perigo. O dinheiro é uma excelente ferramenta para se demonstrar amor.

      A grande verdade é que esse tipo de declaração é uma atitude de quem sempre coloca a culpa nos outros em relação a sua condição financeira atual. Pessoas que pensam assim, amam se colocar no lugar de vítimas. O vitimista sempre justifica sua condição! Sempre há uma justificativa. Quando não está culpando alguém, a vítima trata de racionalizar ou justificar a sua situação dizendo algo do gênero: "Dinheiro não é assim tão importante". E eu faço a seguinte pergunta: você acha que, se disser ao seu marido ou à sua mulher, à sua sócia ou ao seu sócio que eles não são assim tão importantes, algum deles ficaria muito tempo com você? Acredito que não! Tampouco Deus abençoaria com dinheiro pessoas que acham que dinheiro não é importante. É simples assim! Nas conferências que ministro sobre Fé e Finanças, sempre há participantes que me dizem: "Sabe, dinheiro não é tão importante assim". Eu os olho diretamente nos olhos e respondo: "Você está sem dinheiro?" Em geral eles desviam o olhar para os próprios pés e respondem, com ar de tristeza coisas do tipo: "Bem, neste momento estou com alguns problemas financeiros, mas..." Eu digo: “Então, o problema não é neste momento, você sempre esteve limitado, apertado ou com escassez financeira ou muito perto disso, não é mesmo?" Geralmente balançam a cabeça e concordam retornando aos seus lugares, dispostos a escutar e aprender. Esse resultado financeiro em suas vidas é fruto dos pensamentos que eles têm ou tiveram.

     É evidente que essas pessoas estão enfrentando grandes dificuldades financeiras. Você possuiria uma moto se ela não fosse importante para você? É claro que não. Teria um animal de estimação se ele não fosse importante para você? Obviamente, não. Da mesma forma, se, na sua opinião, o dinheiro não é tão importante assim, você simplesmente não terá nenhum. Vou explicar algo sem meias palavras: toda pessoa que diz que dinheiro não é importante, tem pouco ou nenhum dinheiro. Pessoas prósperas entendem a importância do dinheiro e o lugar que ele ocupa na sociedade.

     Quem tem a mentalidade limitada e fechada para o assunto, por sua vez, valida a sua própria inépcia financeira com comparações irrelevantes. Como mencionamos acima, essas pessoas costumam afirmar: "O dinheiro não é mais importante do que o amor". Ora, essa é uma comparação equivocada! O que é mais importante: o seu braço ou a sua perna? É óbvio que ambos têm importância. O dinheiro é essencial nas áreas em que produz resultados e insignificante nos campos em que não tem utilidade. E, embora o amor possa fazer o mundo girar, esse sentimento certamente não paga a construção de hospitais, igrejas e casas. E também não enche a barriga de ninguém.

     Outra coisa sobre dinheiro que precisamos entender é o dinheiro não tem um dono aqui na terra. Ninguém pode dizer que é dono do dinheiro. Ninguém consegue dizer: Dinheiro, fique comigo para sempre.  O dinheiro não obedece a pessoas, obedece, sim, a princípios que o conduzem a determinados lugares e pessoas. O dinheiro, simplesmente, está na humanidade, na sociedade, nos cofres, nos bancos, nos bolsos, mas ninguém é dono do dinheiro. O dinheiro é como um rio que emana de uma fonte, passa por caminhos diversos, mas sempre com um propósito definido. Assim é o dinheiro. Pessoas sem propósito não prosperam!

     Deus usa o dinheiro como ferramenta para fazer sua vontade na terra. O dinheiro tem uma fonte inesgotável, que é Deus – “Sou o dono do ouro e da prata” (Ageu 2.8). Todo dinheiro que sai da fonte, que é Deus, tem um propósito. O dinheiro é impregnado de um espírito de missão dado pelo seu próprio dono para chegar ao destino, que é fazer a vontade do seu dono.

     O dinheiro chega até as pessoas que possuem propósitos de vida bem definidos, pessoas que sabem o que vão fazer quando estiverem com o dinheiro em mão. Isso é fundamental para se ter uma vida de sucesso financeiro. Tenha um propósito de vida bem definido e os recursos financeiros virão até você! Quando o dinheiro sai da fonte (Deus) e, na sua caminhada em direção ao seu propósito, encontra pessoas com princípios e propósitos bem definidos de receber e aplicar no lugar certo ou doar no lugar certo (um canal), o próprio dono dessa correnteza de recursos ordenará que ele saia da fonte com o propósito definido de, antes de chegar ao destino traçado, passe pelo canal, que é você. O dono do dinheiro confiará em você! Ele confiará que você receberá a abundância desse rio financeiro e que lhe dará o destino correto. Através de você, o dinheiro cumprirá seu verdadeiro propósito.

     Pessoas que não possuem propósitos de vida não funcionam como um canal de Deus.

<<<<<     >>>>>

E aí, gostou? Espero que sim! Compre já a versão completa e te entregaremos por e-mail, Messenger ou Whatsapp. Basta clicar no botão abaixo para efetuar a sua compra e nos informar inbox no Facebook clicando aqui como deseja receber seu e-book. Uma vez confirmado o pagamento, lhe enviaremos como preferir. Se desejar por depósito bancário, também é possível. Basta nos avisar pelo inbox no Facebook e lhe enviaremos a conta para depósito.


Se quiser comprar o e-book completo


Postagens mais visitadas deste blog

Quem é o pastor Léo Alcântara?

É POSSÍVEL SER FELIZ?

MANTENHA VIVO O ENTUSIASMO E A GRANDIOSIDADE DE SEU SONHO